quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Guppy

O guppy é um peixe endêmico da América Central. É conhecido por seu apetite voraz por larvas de mosquito é ter uma resistência a poluição inacreditável. Por causa disso, na década de 1970 a espécie foi  introduzida em córregos e riachos no Brasil para combater larvas do mosquito causador da  Malária. 
Vive aproximadamente dois anos. As fêmeas são maiores atingindo até 6 cm, os machos 3 cm. 
São peixes ovovivíparos, dentre os peixes ornamentais é o de mais fácil reprodução,Os guppys criam-se de uma forma fácil, basta colocar um trio (2 fêmeas e 1 macho) que logo o macho começará a cortejar as fêmeas e a fecundação ocorrerá. Após algumas semanas (2 ou 3) a fêmea irá ficar bem inchadinha, sendo mais fácil de perceber ao olhar-la por cima, e ela fica com uma manchinha escura no oviduto, quando perceber estes sinais coloque-a em uma "criadeira" para quando os alevinos nascerem tenham logo local para poderem nadar seguros (o melhor mesmo é ter o aquário com muitas plantas para os filhotes se esconderem, assim evita-se que sejam devorados pelos pais).


O guppy é muito apreciado por aquaristas possuindo cores e padrões enormes.

Mais sobre Guppys:
http://www.meuaquario.com/tudo-sobre-o-peixe-guppy-lebiste/

www.peixebom.com.br/PUBLICACOES/CartilhadoIniciante.pdf

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Camarões do Sudeste Asiático e Asia.

Manter e criar mini camarões em aquário é cada vez mais popular em todo o mundo. Veja esse catálogo de babar:



Alguns sites:

Como montar seu primeiro aquário de camarões:
http://aquaa3.com.br/2013/04/montando-seu-primeiro-aquario-para.html

Um site completo sobre todos os tipos de invertebrados:
http://www.planetainvertebrados.com.br/index.asp?pagina=inicial

Um manual completo da Sera sobre camarões ornamentais:
http://pt.slideshare.net/AquariumGroup/manuel-sobre-camares-e-crustceos-ornamentais


sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Cascudo Bola de Neve.


Nome Científico: Baryancistrus sp. L142.
Nome comum: Cascudo Bola de Neve.
Tamanho: 25 cm
Temperatura: 27 a 31ºC
Distribuição: Corredeiras do Rio Tapajós entre Pimental e Itaituba.
pH: 6,0 a 7,4
Alimentação: Grande devorador de biofilme(composto de algas, microcrustáceos e larvas) que se forma nas pedras e troncos de corredeiras e rios. Ofereça ração em forma de pastilhas para cascudos como ração Wels Chips Sera. Manter uma dieta variada para manter o peixe saudável, incluindo uma grande quantidade de matéria vegetal crua como abobrinha, acelga, batata e pepino.
Reprodução: Em cativeiro é desconhecida assim como na natureza ainda não se sabe ao certo como é o período de acasalamento da espécie.
Vai se tornar cada vez mais territorial a outros moradores de fundo (principalmente outros loricarideos) à medida que amadurece.