segunda-feira, 2 de abril de 2012

Tronco, ornamento natural para decoração do aquário

Troncos são muito procurados e amplamente utilizados para decoração do aquário...eles melhoram a qualidade da água e também criam um habitat natural adequada para peixes de água doce.
A utilização da madeira em um aquário de água doce fornece aos peixes e outras criaturas pequenas  um lugar para se esconder de peixes agressivos ou predadores. Algumas espécies de peixes se reproduzem ou põem ovos sobre a madeira. Os peixes podem comer a madeira e as algas que crescem naturalmente sobre ela, permitindo-lhes apresentar comportamentos instintivos, fornecendo-lhes uma alimentação saudável e natural. Não se usa troncos em aquários de ciclídeos africanos ou marinhos.



Algumas plantas como Musgos, Microssoruns, Anúbias e Bolbits prosperam e devem ser amarradas com linha de pesca em troncos.Essas plantas devem ser ligadas nos troncos até que suas raízes fiquem totalmente conectadas. Podem também ser ancoradas em cavidades sem o uso de elastricot.
Elas formam uma penumbra e permitem que peixes tímidos e sensíveis à luz se abriguem e se sintam mais confortáveis e seguros.

Tronco de Aroeira
Os tipos de troncos que estão mais disponíveis para compra no comércio aquarístico nacional são os de madeira  aroeira. Na água, alguns troncos demoram mais do que outros para apodrecerem. A aroeira, por exemplo, é uma madeira que
demora para apodrecer. Pode se mantê-los por décadas então não se preocupe com a durabilidade dele.


Embora existam vários tipos diferentes de troncos no mercado exterior, as quatro variedades mais comuns são a Africana, da Malásia e raiz ou Savanna Africana. Cada variedade oferece suas próprias características. Vejam:
Raiz ou Savanna Africana é o primeiro tipo mais comumente encontrado de troncos. Como todo tronco africano, também é afundável. A sua aparência é nodosa sobre um lado, enquanto lisa no lado oposto. É relativamente barato.

O tronco Africano é muito parecido com troncos comuns. A diferença entre os dois é que a variedade africana automaticamente afunda , o que significa que ele irá afundar para a parte inferior de um aquário sem qualquer tipo de peso ou de ancoragem. A madeira também apresenta cores mais escuras e é mais estampados, com uma textura de nervuras e são ocas. Na verdade tem mais de cem anos e é muito caro.

Troncos e raízes da Malásia
Os troncos da Malásia são semelhantes às variedades Africanas na aparência. É também afundável. As diferenças nesta variedade são seus ramos alongados. É o tronco mais escolhido para a fixação de fetos de Java ou outras plantas. Se não me engano as madeiras que o mestre Takashi Amano usa em suas montagens são provenientes da Malásia.  


Troncos artificiais , esses enfeites são fabricados com resina e são ditos como atóxicos. Existem em formatos atraentes, difíceis de encontrar em troncos naturais.

Troncos contém taninos (que também é conhecido como ácido tânico) que é inofensivo para plantas e peixes. . Os taninos irão diminuir um pouco o pH do seu aquário se a capacidade de tamponamento de sua água for baixa (DH e KH baixo). Se a capacidade de tamponamento é elevada, a chance de um pedaço de madeira causar um balanço de pH é mínima. A água do aquário tende a ficar castanho também. Ou seja, troncos tendem a tingir e amolecer a água. Isso é ótimo se você está mantendo peixes de água ácida como neons por exemplo. 


Preparo para ser inserido no aquário

A primeira coisa a fazer é lavá-lo bem em água corrente, usando uma escova para retirar a sujeira superficial, feito isso coloque o tronco numa panela (se o tronco for muito grande pode usar uma banheira por exemplo) onde não foi usado qualquer tipo de produto químico, enche-a com água fervente, deixe alguns minutos e jogue a água fora. O próximo passo é deixar o tronco no balde com água e sal grosso (2 colheres para cada 5 litros), o tronco deve ficar de molho por uma semana, depois disso, lave-o bem em água corrente e deixe-o de molho no balde (lave o balde também), por cinco dias em água sem sal, trocando a água todos os dias.Esse processo deve ser realizado tanto para troncos achados na natureza como para os comprados em lojas. Ferve-los também irá ajudar a diminuir os taninos que podem tingir a água do seu aquário. Como falei antes, se o tronco for grande você pode colocar o tronco em uma banheira. Ferva panelas de água e despeje sobre os pedaços de troncos grandes. Adicione a água quente até que a madeira flutuante fique submersa e deixe de molho por até 1 hora. Se a água se tornar castanho em qualquer uma das etapas acima despeje e substitua por água limpa.Dependendo da madeira(se não fizer o tratamento)pode fazer mal a fauna  porque apodrecerá.

Coloque os troncos no aquário. Se a madeira flutuar, amarrá-lo a uma rocha em seu tanque de peixes com linha de pesca por exemplo. Quando devidamente preparado, troncos pode ser uma adição maravilhosa para o seu tanque. A maioria dos troncos afunda sozinho com o tempo, alguns nunca afundam.

Logo após o tronco for adicionado a um aquário, uma penugem branca quase transparente pode crescer sobre ele. Esta penugem é um fungo. De qualquer maneira, é inofensivo mas infelizmente não é agradável ao olhar. Algumas pessoas tiveram sorte apenas o escovando.O importante é ter fé e paciência, pois acabará por desaparecer.

Referência:

2 comentários:

  1. Olá, Luciano Takahashi!
    Show de bola seu Blog, principalmente pelas informações interessantíssimas que o mesmo apresenta! O Mundo da Aquariofilia necessita de iniciativas que, com certeza, contribuem para o aumento do fluxo de informações e, cosequentemente, maior aquisição de conhecimento!

    Convido-o a visitar, e se assim sentir, curtir o Site: http://aquacoral.webnode.com.br/

    Também, convido-o a curtir nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Aqua-Alfa-Aqu%C3%A1rios/146554772084605

    Abraços, continue nessa ótima iniciativa, ampliando o conhecimento do público aquarista!

    Andreone Medrado

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir